Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

despertar, esse ato violento!

  

e7ca6438655a7b2dce16c2b9614adadf.jpg

  Imagem "tomada de empréstimo" do Google Images

 

07:30 - Toca o despertador;

 

JÁÁÁÁ???

Primo aquele botão que nos dá aqueles + 10 minutos de "tolerância" e volto ao sono dos justos.

 

07:40 - Toca a levantar;

 

A Paula faz-me companhia no "arrancar" do dia, apesar de estar, no que se costuma dizer between jobs ou melhor dizendo, no desemprego, faz questão de tomar comigo a primeira injeção de cafeína do dia.

 

Ainda solteiro, o acordar para mim era (e digo era porque desde que conheço a Paula tenho vindo a melhorar) um ato de violência pura, onde o b`dia rosnado entre dentes fazia parte do ritual matinal.

 

A Paula tem o acordar mais porreiro que conheço. Não vejo aquela "alminha" uma única vez carrancuda ou irritadiça ao acordar. O cabelo em desalinho parecendo um "ninho mal amanhado" é o único contraste...

 

Não me perdoaria se não acrescentasse a estes rituais matinais os nossos 4 patas, que a bem da verdade são no total 16 patas, entre gatos e cães, e que passo a apresentar: os gatos "Cherry" e "Mimo" e os cães (no caso cadela e cão) "Missanga" e "Maximus".

Desde que nos levantamos que a Missanga, a nossa "velhota" com treze anos, esperteza fora de série, apetite voraz e aparentemente interminável para tudo o que ela ache comestível, não deixa de "passarinhar" atrás de nós para todo o lado que vamos. Passados alguns minutos torna-se particularmente incomodativo o sistemático "matraquear" das suas unhas no chão, como se andássemos a ser seguidos por uma máquina de escrever. 

Não falta muito tempo até dizermos... -  Já para a tua cama! E lá vai ela para a sua almofada, ofendidíssima e decerto a pensar... INGRATOS!

O Maximus..., o Maximus é a nossa "mascote". É um Spitz Alemão Anão (coitado!) e acorda tarde, não sei se por ser pequenito (fez 4 anos há dias) ou por ser pura e simplesmente preguiçoso. Lá acorda, passa por mim como se eu não existisse, e vai dar os bons dias à "mãe", a Paula, numa espécie de celebração onde alia a dança aos alongamentos.

Os gatos..., esses por lá deambulam não ligando patavina a ninguém até ouvirem... - Saiam-me da frente, já vos avisei...!

 

Na mochila o Tupperware do almoço, a "sande", o iogurte, o télélé e as chaves, ...ah, já me esquecia, AS TRELAS, e lá saímos nós... 

A Missanga à frente o Maximus na sua peugada, a Paula e eu fechamos o grupo. A seguir a um rápido verter d`águas de ambos (falo dos cães, claro!), seguem que nem balas para os seus lugares cativos na esplanada do Café 59 do Sr. Nunes e do Augusto a aguardar, como se de um dado adquirido se tratasse, a sua bolacha "Maria".

3 comentários

Comentar post