Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

eu, Carlota, me confesso...

421314_2732982452419_772638430_n - Cópia - Cópia

Azenhas do Mar - Ericeira (Foto: "em modo automático")

 

Como a Bonsai e o paizinho Mike já falaram deles próprios, de mim, dos cães, dos gatos e dos periquitos, chegou a minha vez...

 

Posso dizer que aprendi da melhor e pior maneira (e esta última, agora, não é para aqui chamada), que o ser "de sangue" não valoriza o melhor dos currículos familiares.

Tenho a minha mãe (da qual sou uma versão MAXI) e o meu pai que, biológico ou não, são tudo para mim!

 

Vai fazer quase três anos que me mudei de malas e bagagens para Terras de Sua Majestade e, não há um único dia que passe, que não me orgulhe destes dois "marmelitos" (atenção, não se trata de nenhuma brejeirice ou palavra com segundo sentido, falo dos meus PAIS!).

 

Vou-vos contar, resumidamente, como conheci o "Mike"...

 

"Era uma vez uma rapariga de 16 anos que um dia, ao ter a infeliz ideia de querer fazer uma tatuagem, procurou quem lha desenhasse. E eis senão quando sua mãe, sabendo deste seu querer, lhe trouxe certa noite à esplanada onde se encontravam, um ser baixinho, anafadinho e a modos que palhacito, como sendo o Caravaggio lá do sítio.

Quando a rapariga se apercebeu, deu por si sem desenho e sem tatuagem, mas tinha ganho um "artista" a quem já considerava como um pai. FIM"

 

Honestamente vos digo que, tendo vivido até aos 16 anos somente com a minha mãe, nunca me passou sequer pela cabeça, partilhar a nossa relação com mais alguém. Digo-o também porque sei de antemão que a minha mãe, apesar de ser uma mina d`ouro onde se pode extrair o que de mais valioso uma pessoa pode dar, tem também um feitiozinho muito especial!

 

Estou agradecida por ter estas "criaturas" maravilhosas na minha vida. É um casal de meter inveja a qualquer outro. São felizes em todos os sentidos e com todos os motivos que a vida lhes dá, mas atenção, nem tudo é mel nesta Terra da Abundância porque, se o paizinho meter o pé em ramo verde e deixar sequer o Tupperware que tráz do almoço esquecido na mochila, o MUNDO ACABA!

(vou fazer uma pequena inconfidência, a mãe é uma Health Control Freak)

 

Façam como eu e pensem como diz "o outro", - Assim só se estraga uma casa...!

 

É um casal de malucos, bom, uma família de malucos, mas são tudo para mim, AMO-OS!

 

Chega destas lamechices, porque sei que o paizinho a esta hora já deve estar pior que o Bonga "- Tenho uma lágrima no canto do olho...", vamos a assuntos mais sérios ou a um assunto, a meu ver, particularmente sério... COMIDA!

Ó desgraça a minha quando vou a casa, quase rebolo (se deste modo ao menos poupasse nos transportes...!?). A Bonsai, faz a melhor comida que se podem lembrar (ponho as minhas mãos no fogo... e depois nos talheres e sento-me à mesa. Ahahah ). O paizinho faz o melhor "Chouriço com Mel" do MUNDO!

Tudo isto para vos dizer que depois se viram para mim e dizem "- Tu que és tão bonita, porque não fazes um Book Fotográfico e envias para uma Agência de Modelos?" (só se for para modelos de portuguesas à moda antiga onde o lema "gordura é formosura" só rivaliza com um farfalhudo bigode à Polícia Sinaleiro!).

 

Bom, voltarei em breve com mais peripécias deste casal disfuncionalmente maravilhoso! E pensem no que vos contei até agora como "um simples cheirinho numa bica".

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post