Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

eu, o gordo, me confesso...

 

...pois não quero ferir susceptibilidades ou que haja más interpretações sobre o que ando ultimamente a postar

 

Gostaria então de passar a explicar que iniciei a série "eu, o gordo!" simplesmente para ME fazer rir e/ou para quem quiser juntar ao meu o seu riso (ou somente um sorriso), e não para fazer troça ou de algum modo achincalhar a classe mais anafada. E sabendo de fonte segura (no caso a minha balança) que moi-même se encontra entre os demais exemplares de "generosas carnes" nem me ficava bem o contrário.

 

Imagem22.jpgeu, o gordo!

 

Sempre parti do princípio que, se formos capazes de nos rirmos de nós próprios, atingiremos um estádio tal que nos permitirá ver de uma forma mais lúcida e descontraída a maneira de sermos e estarmos na vida.

Que nos permitirá olhar para as nossas fraquezas, imperfeições e erros como algo natural que faz de nós o que somos, que faz parte da nossa própria essência.

 

 

Entretanto, gordos e magros, sejam felizes!

 

 

3 comentários

Comentar post