Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

(em) Amena Cavaqueira

...de amigos, para amigos e com amigos

o Miguel...

 

DSC_0007~2.jpg

 Café Saudade - Sintra (Foto: Paula)

 

Falar do Miguel é fácil!

 

Como costumo dizer, "O Miguel entrou na minha vida para acalmar o bicho". O bicho é o meu pequeno mau feitio, e digo pequeno porque não posso ter muito neste metro e meio de gente, como costuma dizer o Miguel.

Bom, penso que o Miguel está a fazer um bom trabalho, mas não estou aqui para falar de mim...

 

O Miguel também não é perfeito! Tem as suas manias como qualquer um. Aquelas manias de muitos anos de vida de solteiro em que uma mãe e uma tia faziam tudo o que o "menino" queria, mas está, aparentemente, melhor.

 

O Miguel tem um coração do tamanho do mundo!

 

O Miguel é "palhaço"! E não me interpretem mal quando digo isto, à parte de ser uma profissão digna, o ser palhaço no Miguel dá-lhe um ar mais patusco e para além disso faz-me RIR e eu adoro-o por isso!

(agora vou cometer uma inconfidência, o Miguel tem um autentico pavor a palhaços, vá-se lá saber porquê!?)

 

O Miguel conta anedotas como ninguém! Minto, o Jorge, um nosso amigo, também é "pro" a contar anedotas, e então quando se juntam e estão inspirados, MEU DEUS!

No início o Miguel faz aquele número do "Ah e tal, agora não..." ou "Ah e tal, não me lembro..." ou ainda "essa não, é muito parva...", mas quando começa a desbobinar não há quem o agarre.

No caso das anedotas + picantes, com senhoras presente, o Miguel é mais comedido e até envergonhado, mas depois de um empurrãozinho o céu é o limite!

  

Como disse no início "Falar do Miguel é fácil!". O que é difícil é não gostar dele (bom, não seria meu marido se assim não fosse).

2 comentários

Comentar post